28 de agosto de 2015

A precariedade das Escolas Estaduais Indígenas em Roraima

Imagem Printada


Combate Racismo Ambiental
A mobilização indígena em Roraima chega a 18 dias, com resultados positivos, mas muito mais com indignação e revolta com a forma como o Governo do Estado vem "cuidando" da Educação Escolar Indígena do Estado. Em condições precárias há anos as comunidades indígenas vem tentando levar a Educação Escolar aos jovens, crianças e adultos, mas chega também no limite em que o povo coletivamente clama: não dá mais.
Não dá mais, para suportar a omissão do Governo em cumprir suas obrigações e prestar um atendimento de qualidade e digno. Direito do cidadão e dever do Estado. Não dá mais!
O vídeo mostra as condições precárias das Escolas Estaduais Indígenas em Roraima, uma realidade que tenta ser tapada pela falácia do Governo que insiste em dizer que está atendendo as comunidades indígenas, o que não é verdade.
Por conta disso, os povos indígenas permanecerão por tempo indeterminado numa mobilização que é histórica em Roraima.
Confira o trailer do vídeo que está sendo produzido.
Saudações indígenas,
Mayra Wapichana
Estagiária de Comunicação/ Departamento de Comunicação
Conselho Indígena de Roraima - CIR
 
video

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário